anuncie na Folha do Centro - ligue - (21) 96471-7966 Edição N° 323 - Abril de 2024.
COLUNAS
NOTICIAS
FOTOS
SERVIÇOS
PREVISÃO DO TEMPO
  Memórias do Centro  
Primeira Rua do Rio de Janeiro preserva até hoje seu calçamento original, um tesouro histórico intocado

A Ladeira da Misericórdia, uma das mais antigas ruas do Rio de Janeiro, possui uma história rica que remonta a mais de 450 anos, datando especificamente de 1567, quando a cidade se estabeleceu no antigo Morro do Castelo. Localizada no topo da rua, encontrava-se o Largo do Castelo, onde se destacava o imponente prédio do Colégio dos Padres Jesuítas, pertencente à Companhia de Jesus, além de diversas residências.
Ao longo dos séculos, a Ladeira da Misericórdia desempenhou papéis fundamentais na estruturação da cidade. Foi palco das primeiras instituições governamentais, como a primeira
Alfândega, a primeira cadeia, a primeira câmara e o primeiro tribunal do Rio de Janeiro.
Em 1823, sediou a instalação da primeira Assembleia Constituinte do Brasil independente, marcando assim um marco histórico no cenário político nacional.

No entanto, o destino da Ladeira da Misericórdia mudou drasticamente em 1922, quando o Morro do Castelo foi demolido, resultando na praticamente total destruição da rua. Após essa intervenção, apenas o trecho inicial da rua foi preservado, perdendo sua função e não levando mais a lugar algum. Em 1878, durante o cadastramento e renumeração de todos os imóveis da cidade, a Ladeira da Misericórdia contava com apenas onze edificações, evidenciando sua importância histórica e cultural para o Rio de Janeiro.
tribunal do Rio de Janeiro.
Em 1823, sediou a instalação da primeira Assembleia Constituinte do Brasil independente, marcando assim um marco histórico no cenário político nacional.

 

 
CAPA
EDIÇÕES ANTERIORES
www.jornalfolhadocentro.com.br
Admin
© 2007- FOLHA DO CENTRO - Todos os direitos reservados. - Desenvolvido por DMS