anuncie na Folha do Centro - ligue - (21) 96471-7966 Edição N° 322 - Março de 2024.
COLUNAS
NOTICIAS
FOTOS
SERVIÇOS
PREVISÃO DO TEMPO

Renascimento da Estação Leopoldina: entenda como será o projeto que trará geração de empregos e renda e valorização da região

PROJETO INOVADOR REÚNE CENTRO CULTURAL, CENTRO DE CONVENÇÕES, CIDADE DO SAMBA 2 E EMPREENDIMENTOS RESIDENCIAIS
A histórica Estação Leopoldina, na Avenida Francisco Bicalho, pode finalmente ter um novo destino após anos de abandono. A Prefeitura do Rio divulgou um projeto ambicioso para revitalização do espaço, que passaria a abrigar um complexo multiuso com diversas atrações.
O projeto prevê a divisão do terreno de 124 mil m2 em quatro blocos, com diferentes usos:
• Bloco 1: Reforma do prédio histórico da estação, tombado pelo Iphan, para abrigar um centro cultural e eventos.
• Bloco 2: Construção de um centro de convenções moderno e equipado para sediar grandes eventos nacionais e internacionais.
• Bloco 3: Implantação da Cidade do Samba 2, um espaço dedicado às escolas de samba do Grupo de Acesso, com barracões, quadras e áreas de apoio.
• Bloco 4: Empreendimentos residenciais com apartamentos de diferentes metragens, visando impulsionar a revitalização da região e gerar renda para o município.
A proposta formal será apresentada pelo prefeito Eduardo Paes à ministra da
Gestão e da Inovação em Serviços Públicos, Esther Dweck, nesta segunda-feira (18). A Prefeitura do Rio pretende comprar o imóvel da União e
Após ser desativada, a estação teve seu direito de uso cedido à Supervia, mas foi fechada e as linhas remanejadas para a Estação
Central do Brasil. Em um breve período, ainda chegou a abrigar alguns eventos culturais, mas logo entrou em declínio.
O projeto de revitalização da Estação Leopoldina é uma iniciativa promissora que visa:
• Preservar o patrimônio histórico e arquitetônico da estação.
• Estimular a cultura e o turismo na região central do Rio de Janeiro.
• Gerar emprego e renda para a população local.
• Oferecer um novo espaço de lazer e entretenimento para os cariocas.
A concretização do projeto depende da aprovação do governo federal e da viabilidade econômica e financeira. No entanto, a iniciativa representa um passo importante para a revitalização de uma área histórica da cidade e para o desenvolvimento urbano do Rio de Janeiro.

 

 
CAPA
EDIÇÕES ANTERIORES
www.jornalfolhadocentro.com.br
Admin
© 2007- FOLHA DO CENTRO - Todos os direitos reservados. - Desenvolvido por DMS