Receba Folha do Centro gratuitamente - Mande um Whatsapp para (21) 96471-7966 Edição N° 292 - Janeiro de 2021.
COLUNAS
NOTICIAS
FOTOS
SERVIÇOS
PREVISÃO DO TEMPO

Linha 010 desaparece novamente: Transurb não informa e passageiros ficam a pé

Os moradores do Bairro de Fátima e de outras regiões do Centro estão passando um sufoco para se deslocarem com a linha de ônibus 010 Fátima X Central. O problema é que a linha simplesmente desapareceu mais uma vez.
Os passageiros já denunciavam anteriormente a precariedade do serviço em determinados horários, relatando ônibus lotados, pequenos, sem refrigeração, intervalos longos e irregulares, além de restrita opção de horário. Em alguns casos, passageiros estão fazendo baldeação, a fim de não utilizar mais a linha.
A linha 010 circula somente no Centro do Rio, em um trajeto de 11 quilômetros. A linha foi a primeira a ser criada no bairro e sempre atendeu um grande número de pessoas que agora, literalmente ficaram a pé.
Quem mora na região, só dispões desta linha para circular pelo bairro.Nas redes sociais, a Transurbe é campeã de reclamações por parte dos usuários. “Essa empresa não respeita ninguém! É a da mesma linha que roda em Santa Teresa e tbm sumiu. Já foi notificada pelo ministério público e mesmo assim, continua em falta”, desabafou um internauta em comentário sobre o sumiço da linha.
Moradora da Rua Riachuelo, Ana Maria Guimarães também sentiu a falta da linha após ficar quase uma hora esperando. “Já era muito ruim antes do ônibus sumir. Aos fins de de semana ficavam apenas dois ônibus circulando. A população da região só aumenta e a frota parece que diminui. Os ônibus são pequenos, velhos, sujos e sem iluminação. A frota precisa ser melhorada ou então precisa trocar de empresa, pois os moradores não aguentam mais esse descaso”, relata Ana Maria.
A Folha do Centro entrou em contato com a Transurb, empresa responsável pela linha, e não obteve nenhuma resposta quanto ao desaparecimento da linha. As empresas de transporte operam sob regime de concessão e toda a operação é regulamentada por Leis Federal, Estadual e Municipal. As reclamações dos passageiros foram enviadas para a Secretaria Municipal de Transportes, órgão que fiscaliza os serviços prestados pelos consórcios no Município.

 

 
CAPA
EDIÇÕES ANTERIORES
www.jornalfolhadocentro.com.br
Admin
© 2007- FOLHA DO CENTRO - Todos os direitos reservados. - Desenvolvido por DMS