Receba Folha do Centro gratuitamente - Mande um Whatsapp para (21) 96471-7966 Edição N° 281 - Fevereiro de 2020.
COLUNAS
NOTICIAS
FOTOS
SERVIÇOS
PREVISÃO DO TEMPO

Centro do Rio se prepara para sediar o maior Carnaval do Planeta

Os blocos de rua no Centro do Rio continuam crescendo a cada ano, além dos desfiles na Sapucaí, que recebe as agremiações do Grupo Especial e grupo de Acesso, com público estimado de 90 mil pessoas a cada dia de desfile
A festa de maior expressão da cultura nacional está prestes a começar. O Carnaval já está batendo à porta, e o Centro do Rio é a região onde se concentram as maiores manifestações carnavalescas com a passagem dos megablocos e também o desfile das escolas de samba, considerado o maior evento popular do planeta.
O Centro de Operações Rio está se preparando para monitorar toda a cidade através das 811 câmeras espalhadas em pontos estratégicos, e principalmente em locais de acesso ao Centro onde se concentra o maior número de pessoas durante o carnaval. O aplicativo COR.Rio irá mostrar todo o esquema de trânsito com os bloqueios e as restrições planejados para o carnaval, e também irá informar em tempo real através das redes sociais.
A Comlurb está preparando uma mega operação pra limpar a cidade nos dias de folia. Equipes da Companhia de Limpeza Urbana planejam estar presente nos mais de 500 desfiles dos blocos espalhados pela cidade. Os megablocos, como Cordão da Bola Preta e o Bloco das Poderosas, que estimam público acima de 500 mil pessoas, estão previstos cerca de 300 garis e 600 contêineres de lixo.
A Coordenadoria de Controle Urbano pretende intensificar as fiscalizações e manter as mesmas atividades realizadas no carnaval 2019, onde 26 blocos sem autorização foram autuados e mais de 10 mil vendedores ambulantes irregulares foram abordados pelos agentes. Mais de 18 mil policiais estarão nas ruas durante o carnaval. O policiamento também será reforçado nas estações das barcas e do metrô da região central.
O atendimento médico aos foliões que desfilam nos blocos e na Avenida Marquês de Sapucaí será operado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS). A previsão é que sejam montados quatro postos de atendimento nos principais corredores dos blocos de carnaval. De acordo com a Secretaria, os postos terão estrutura para oferecer assistência à maioria dos casos, além de ambulâncias para remoção em casos mais complexos.
Os blocos de rua no Centro do Rio continuam crescendo a cada ano, além dos desfiles na Sapucaí, que recebe as agremiações do Grupo Especial e grupo de Acesso, com público estimado de 90 mil pessoas a cada dia de desfile.

 

 
CAPA
EDIÇÕES ANTERIORES
www.jornalfolhadocentro.com.br
Admin
© 2007- FOLHA DO CENTRO - Todos os direitos reservados. - Desenvolvido por DMS
 
 
..