FOLHA DO CENTRO - ESTÁ COMPLETANDO 24 ANOS EM AGOSTO Edição N° 276 - Setembro de 2019.
COLUNAS
NOTICIAS
FOTOS
SERVIÇOS
PREVISÃO DO TEMPO
  Giro Pelo Centro  

Torre do Edifício Touring recebe iluminação artística
A Torre do Relógio do edifício Touring, na Praça Mauá, receberá até o dia 29 de setembro uma intervenção artística de luzes e cores. O projeto, idealizado pelo artista plástico Marcelo Catalano e pela arquiteta Gisele Taranto. A iniciativa foi concebida para marcar o período em que o prédio estará recebendo a 29ª edição da Casacor. O edifício será a sede no Mercado do Porto Carioca, com previsão de inauguração para novembro de 2020. O empreendimento será inspirado no Mercado da Ribeira, em Lisboa. O Mercado do Porto Carioca ocupará uma área de seis mil metros quadrados, terá capacidade para cinco mil pessoas e será ocupado por 20 restaurantes fixos de diferentes segmentos gastronômicos.

Casacor Rio 2019 agita a Praça Mauá
A 29º edição da Casacor Rio de Janeiro 2019 recupera o glamour do Rio antigo e privilegia a casa como um espaço para receber. A mostra deste ano acontece na Praça Mauá, entre os museus MAR e do Amanhã, até o dia 29 de setembro, reunindo 63 profissionais. Arquitetos, designers de interiores e paisagistas assinam os 44 ambientes, com o tema Planeta Casa. A mostra acontece no edifício Touring. A cada ano, o design brasileiro e a curadoria das obras de arte elevam ainda mais a experiência na Casacor Rio de Janeiro. Em alguns ambientes, cores fortes ativam as paredes, com destaque para as generosas pinceladas de verde. Também há um respiro nas combinações que acalmam o olhar, com branco, cinza, tons naturais e um pouco de azul, sem rivalizar com o mar a poucos metros dali. Ingressos a partir de R$ 25 (meia entrada, de terça a sexta-feira).

Alerj mantém veto de Witzel para regulamentar patinetes
A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, a Alerj, decidiu manter o veto do governador Wilson Witzel (PSC) a dois projetos de leis que regulamentavam o uso das patinetes elétricos no estado. Uma das propostas obrigava o usuário a passar por uma prova no DETRAN antes de operar os equipamentos. Outra proposta determinava regras de circulação e uso obrigatório do capacete. Os parlamentares mantiveram a rejeição às propostas, que antes foram aprovadas na Casa pelos próprios deputados. Os patinetes elétricos rapidamente tomaram as capitais de São Paulo e Rio de Janeiro, mas também se tornaram uma espécie de problema ao dividirem as calçadas com pedestres comuns, além de criarem outro problema urbano que é o do acúmulo dos aparelhos pela cidade. São Paulo já legislou sobre o tema, e por lá as regras já estão valendo: capacetes passam a ser obrigatórios, por exemplo, e por conta da falta do cumprimento da medida, muitos patinetes já estão sendo recolhidos pela Prefeitura.

Prédio da Caixa Econômica no Centro será vendido
O edifício da Caixa Econômica Federal localizado na Avenida Almirante Barroso será posto à venda. O prédio de 22 andares foi inaugurado há exatos 50 anos para ser exclusivamente a sede do banco estatal. A sede, transferida para a Região do Porto do Rio, onde a própria Caixa é uma das maiores investidoras, que injetou R$ 3,5 bilhões do FGTS na compra dos Cepacs, títulos que permitem a construção de grandes edifícios na área. O prédio pertence a um fundo de investimento imobiliário. Quanto à Caixa Cultural, que ocupa o térreo e a sobreloja, o destino é incerto. O edifício da Almirante Barroso é antigo e vem, há mais de uma década, apresentando uma série de problemas estruturais. Os elevadores, que foram fonte de problemas graves durante muitos anos, passaram por uma extensa reforma, custeada pela Caixa.

Cerca de 40% dos usuários ainda não substituíram o novo Riocard
Usuários do Riocard têm até o dia 31 de outubro para realizar a troca dos cartões para o novo Riocard Mais. Cerca de 40% das pessoas ainda não realizaram a troca gratuita dos cartões do tipo Expresso para o novo Riocard Mais. As substituições foram iniciadas há três meses. O antigo cartão será aceito somente até o próximo dia 11 de setembro. Com o uso do novo cartão, serão lançados no próximo mês dois novos benefícios para os clientes. Um deles é a utilização de cartão de crédito como forma de pagamento no aplicativo Riocard Mais. A segunda é a validação da recarga adquirida pelo aplicativo usando o próprio celular. Ao migrar para o Riocard Mais, o passageiro mantém o crédito do antigo cartão e os benefícios tarifários, como o Bilhete Único Carioca e o Bilhete Único Intermunicipal. A substituição é feita nos postos de troca da Riocard.

Terreirão do Samba permanece fechado e sem definição
Fechado desde abril, após um acidente em que uma estudante foi eletrocutada, o Terreirão do Samba, na Praça Onze, segue sem previsão de reabertura e manutenção. A Secretaria Municipal de Cultura, responsável pela administração do espaço, afirmou que mantém conversas com o Corpo de Bombeiros para regularizar a situação do local e que também há um projeto em andamento para readequação do espaço. O reduto do samba carioca segue ainda sem nenhuma definição apresenta claros sinais de abandono e falta de manutenção. Os toldos do palco principal estão rasgados, o matagal cresce pelo terreno e há muito lixo jogado no local. Durante o período de Carnaval, o Terreirão é um dos principais locais de realização de shows e eventos de samba no Centro da Cidade.

 

 
CAPA
EDIÇÕES ANTERIORES
www.jornalfolhadocentro.com.br
Admin
© 2007- FOLHA DO CENTRO - Todos os direitos reservados. - Desenvolvido por DMS