FOLHA DO CENTRO - ESTÁ COMPLETANDO 24 ANOS EM AGOSTO Edição N° 276 - Setembro de 2019.
COLUNAS
NOTICIAS
FOTOS
SERVIÇOS
PREVISÃO DO TEMPO
  Carta do Leitor  

Grades estão sendo roubadas
O Passeio Público está sendo aos poucos vandalizado e destruído. As grades estão sendo roubadas, acredito que seja pela população de rua. Algumas grades estão presas com correntes, pois a solda do gradil foi solta. É uma pena ver um dos parques mais bonitos do Centro da cidade estar sendo degradado desta forma. O Passeio público, além de toda a beleza, tem uma importância histórica para a cidade do Rio de Janeiro já que foi o primeiro parque ajardinado do Brasil. O Passeio Público antigamente era o grande ponto de encontro da população que vivia no Rio de Janeiro nos séculos XVIII e XIX. Não apenas o Passeio, mas outros parques, monumentos e praças da cidade estão em estado de degradação.
Carla Vieira, 35 anos – Contadora

Apagões voltam a ser rotina no Centro
Os apagões voltaram a assustar os moradores da Lapa e da área residencial do Centro. Algumas ruas como a Washington Luiz, por exemplo, ficou um bom tempo sem iluminação nos postes, o que gera sensação de insegurança nos moradores e nas pessoas que precisam transitar pelas ruas. As ruas acabam ficando perigosas porque pessoas mal intencionadas acabam aproveitando a falta de iluminação para praticar roubos. Também é fácil encontrar postes com as luzes apagadas em várias ruas do Centro. Nós moradores pagamos a taxa de iluminação pública justamente para ter iluminação nas ruas e o serviço está bastante deficiente em muitas ruas do bairro.
Cristina Silva Amorim – Via Facebook

Linha de ônibus 010
Sobre a matéria da edição de agosto do Jornal folha do Centro a respeito da Lina 010, o desserviço é proposital. A linha 010 vai da Praça Aguirre Cerda até a Central do Brasil e vice-versa percorrendo as ruas do Centro. Arrecada menos devido a circulação restrita aos moradores da área que precisam circular entre pontos distantes no Centro do Rio. Aí a empresa fornece serviço moroso de mais de uma hora sendo que o deslocamento a pé leva meia hora entre um ponto final e outro indo a pé. Isso faz com que muitos prefiram andar a esperar. Dessa forma reduz o número de usuários para justificar a extinção da linha.
Thiago Martins – Via Facebook

Doar Sangue é um gesto de amor ao próximo!
O banco de sangue do Hemorrio está precisando de doadores de sangue. O Hemorio está recebendo, em média, 150 doadores por dia, mas o ideal, para manter os estoques de sangue em níveis seguros, seria receber cerca de 300 pessoas diariamente. Doar sangue é um gesto de amor ao próximo, e todos nós podemos nos unir nessa corrente em favor do bem coletivo. Para doar sangue é bem simples, a pessoa precisa ter entre 16 e 69 anos, pesar no mínimo 50 kg, estar bem de saúde e portar um documento de identidade oficial com foto. O Hemorrio fica na Rua Frei caneca, 08, no Centro. Vamos doar!
Aparecida Linhares – Via Facebook.

 

 
CAPA
EDIÇÕES ANTERIORES
www.jornalfolhadocentro.com.br
Admin
© 2007- FOLHA DO CENTRO - Todos os direitos reservados. - Desenvolvido por DMS