FOLHA DO CENTRO - ESTÁ COMPLETANDO 24 ANOS EM AGOSTO Edição N° 275 - Agosto de 2019.
COLUNAS
NOTICIAS
FOTOS
SERVIÇOS
PREVISÃO DO TEMPO
  Fala Dr.  
A Importância da alimentação no tratamento do câncer

O tratamento do câncer é realizado por meio de cirurgia, quimioterapia e radioterapia, podendo ser utilizados juntos ou de forma isolada. Não é difícil encontrarmos pacientes que estão realizando tratamento e apresentam sintomas que impactam na diminuição da ingestão alimentar, como náuseas, vômitos, gosto metálico na boca, dor ao engolir e etc.
A diminuição da ingestão alimentar é considerada um problema no paciente com câncer já que promove perda de peso, que pode levar a sarcopenia (diminuição da massa e função muscular) e desnutrição. Estudos demonstram que tanto a sarcopenia quanto a desnutrição são capazes de levar à menor tolerância ao tratamento, motivando interrupções e adiamento do mesmo.
Junto a uma equipe multiprofissional, o nutricionista oncológico é capaz de realizar avaliação nutricional por inúmeros métodos, avaliar exames laboratoriais, traçar condutas individualizadas e, se necessário, prescrever suplementação nutricional. O ideal é que o acompanhamento nutricional comece logo após o diagnóstico da doença para que sejam prevenidos ou minimizados os efeitos colaterais e haja tempo para fortalecimento do sistema imunológico e correção de crenças e tabus relacionados à alimentação e câncer.
Orientações gerais de alimentação para pessoas com câncer
•Fazer uma alimentação saudável, rica em frutas, verduras e hortaliças;
•Evitar o consumo de alimentos industrializados como sucos em pó, temperos industrializados, embutidos (ex: linguiça, salsicha, presunto, mortadela) e salgadinhos de pacote.
•Praticar atividades físicas (com liberação médica) acompanhadas sempre por um profissional de educação física;
•Realizar de 5 a 6 refeições por dia;
•Beber diariamente no mínimo 2 litros de água;
Vale ressaltar que seguir dietas muito restritivas com a alegação de “curar o câncer” e o consumo de suplementos nutricionais por conta própria não são indicados. O acompanhamento nutricional com um profissional especializado te ajuda na luta contra o câncer!
*Aline Pereira Pedrosa é Nutricionista, graduada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com especialização em oncologia pelo Instituto Nacional de Câncer (INCA) – Residência Multiprofissional em Oncologia. Atualmente, é mestranda em Nutrição Clínica pela UFRJ. Escreve para a Folha do Centro.

 

 
CAPA
EDIÇÕES ANTERIORES
www.jornalfolhadocentro.com.br
Admin
© 2007- FOLHA DO CENTRO - Todos os direitos reservados. - Desenvolvido por DMS
 
 
..