FOLHA DO CENTRO - ESTÁ COMPLETANDO 24 ANOS EM AGOSTO Edição N° 273 - Junho de 2019.
COLUNAS
NOTICIAS
FOTOS
SERVIÇOS
PREVISÃO DO TEMPO

Prefeitura extingue verba para conservação de patrimônios históricos

O Centro do Rio é uma das regiões mais ricas do Brasil quando o assunto é monumentos históricos e culturais. Um levantamento feito e divulgado pelo gabinete da vereadora Teresa Bergher (PSDB), apontou que na gestão do Prefeito Crivella, a quantia destinada à manutenção de monumentos históricos foi sendo gradualmente reduzida, até chegar a zero em 2018.
De acordo com o levantamento, a verba atribuída exclusivamente ao cuidado dos mais de 2,3 mil monumentos da cidade foi totalmente suspensa. Os reflexos da falta de investimento são claramente visíveis principalmente no Centro da Cidade, com monumentos depredados, com sinais de abandono, pichação e vandalismo.
De acordo com a Secretaria de Conservação, só este ano, sete monumentos já foram furtados na cidade. Recentemente uma estátua inteira foi levada da Praça do Russel, na Glória. A situação de abandono também é bastante visível no Passeio Público, o primeiro jardim público do Brasil, localizado no Centro. O espaço sofre com a falta de manutenção e com o estado de depredação dos monumentos. O Passeio Público é também considerado o primeiro parque ajardinado da América Latina.

 

 
CAPA
EDIÇÕES ANTERIORES
www.jornalfolhadocentro.com.br
Admin
© 2007- FOLHA DO CENTRO - Todos os direitos reservados. - Desenvolvido por DMS