FOLHA DO CENTRO - 23 ANOS DE EXISTÊNCIA Edição N° 273 - Junho de 2019.
COLUNAS
NOTICIAS
FOTOS
SERVIÇOS
PREVISÃO DO TEMPO
  Roteiro Cultural  

Exposição gratuita no CCMJ critica os excessos da humanidade
O CCMJ - Museu da Justiça-Centro Cultural do Poder Judiciário, em comemoração ao mês do Meio Ambiente, recebe, de 30 de maio a 31 de agosto de 2019 (segunda a sexta, das 11h às 19h), a exposição “Absurdos Insustentáveis – a Arte como agente transformador na preservação do Meio Ambiente” que reúne obras criadas a partir de resíduos sólidos. Na exposição o público deixa de ser mero observador e pode interagir com as peças para sentir a textura dos materiais. Por ser uma exposição orientada ao toque, algumas peças irão privilegiar os portadores de deficiência visual. “São peças para serem vistas até por quem não enxerga”, revela Alexandre Pinhel, autor da exposição. A exposição irá contar também com uma impressora 3D confeccionando esculturas ao vivo, mostrando que o artista plástico já pode contar com essa espetacular ferramenta. Museu da Justiça. O CCJM fica na Rua Dom Manuel, 29, Centro, Rio de Janeiro (atrás do Fórum).


Musical ‘Gonzaguinha: o eterno aprendiz’ no Teatro Rival
Dia 21 de Junho tem sucesso garantido no Teatro Rival. É a vez do espetáculo “Gonzaguinha: o eterno aprendiz”. O musical, que conta a história do saudoso cantor e compositor Gonzaguinha, tem arrastado multidões Brasil afora. Quinze mil espectadores se encantaram com o espetáculo sobre a vida do artista que morreu em 1991, num acidente de carro. No palco, o ator Rogério Silvestre dá vida a Gonzaguinha, interpretando um texto poético que passeia por momentos marcantes da trajetória do artista, como a infância no Morro de São Carlos, os primeiros passos na carreira artística, os embates com a ditadura militar e a relação conflituosa com o pai, o rei do baião, Luiz Gonzaga. O que não faltam são sucessos de Gonzaguinha, como “Explode coração”, “Começaria tudo outra vez”, “Sangrando”, “O que é, o que é?”, “Eu apenas queria que você soubesse” e “Com a perna no mundo”. O espetáculo começa às 19h30 e os ingressos custam R$ 35 (meia).

Fernada Abreu apresenta o ‘Show Amor Geral’ no Teatro Riachuelo
Seguindo o sucesso do aclamado CD “Amor Geral” e do show homônimo, Fernanda Abreu segue na estrada com a turnê “Amor Geral”. O show, que já percorreu várias capitais brasileiras, festivais e cidades do interior do Brasil, sempre com sucesso de crítica e público, chega ao Teatro Riachuelo, no Rio de Janeiro, no dia 11 de junho, não por acaso, véspera do dia dos namorados! O repertório traz seis músicas do álbum inédito “Amor Geral”, além de grandes sucessos da carreira da artista, como “Rio 40graus”, “Veneno da Lata”, “Katia Flavia”, “Garota Sangue Bom” entre outros. Com cenografia de Luiz Stein, figurino de Rogério S. e coreografia de Fernanda Abreu e Cristina Amadeo, o show tem participação da Focus Cia de Dança. A cantora em 2020 celebra 30 anos de carreira solo. Mais do que um show, o espetáculo vai ser uma celebração do amor através da música e da dança, embalando o público com muito suingue e uma mensagem de tolerância no convívio social, respeito às liberdades individuais.

Obras realistas ocupam o CCBB em exposição gratuita
Sabe aquela escultura que parece gente de verdade? E a pintura tão detalhista que a gente jura ser foto? Tem isso e muito mais na exposição “50 Anos de Realismo – Do Fotorrealismo à Realidade virtual”, em cartaz no CCBB Rio até 29 julho, com entrada gratuita! No térreo e no segundo andar, estão 92 obras realistas de técnicas diversas: esculturas que representam fielmente a figura humana, pinturas baseadas em cenas fotografadas, além de vídeos e instalações interativas com experiências voltadas à realidade virtual. As obras estão divididas em quatro segmentos: histórico, contemporâneo, tridimensionalidade e novas mídias. Logo no centro da rotunda, uma escultura de um homem, maior do que o tamanho real, impressiona. O Rio é a terceira e última itinerância da exposição, que recebeu mais de 240 mil visitantes nos CCBB’s de São Paulo e Brasília. Aqui, ela pode ser vista de quarta a segunda, das 9h às 21h. Partiu CCBB?!





 

 
CAPA
EDIÇÕES ANTERIORES
www.jornalfolhadocentro.com.br
Admin
© 2007- FOLHA DO CENTRO - Todos os direitos reservados. - Desenvolvido por DMS