FOLHA DO CENTRO - ESTÁ COMPLETANDO 24 ANOS EM AGOSTO Edição N° 271 - Abril de 2019.
COLUNAS
NOTICIAS
FOTOS
SERVIÇOS
PREVISÃO DO TEMPO

Comitê Pela Vida busca parcerias e oferece

cursosprofissionalizantes para pessoas de baixa renda
A busca por um emprego ou uma recolocação no mercado de trabalho é um dilema enfrentado com freqüência por milhares de cariocas diariamente. Na tentativa de minimizar essa questão e promover o progresso social, o Comitê Pela Vida trabalha a mais de duas décadas disponibilizando cursos gratuitos de qualificação profissional e encaminhamento ao emprego.
A sede da instituição, no Centro de Artes Calouste Gulbenkian, dispõe de uma estrutura completa para cursos de gastronomia com duas cozinhas equipadas, área de atendimento com mesas e cadeiras para cursos de garçom, além de um quarto montado para o curso de camareira. Atualmente a organização está em busca de projetos e parcerias para dar continuidade ao trabalho e fortalecer a sua missão, que se faz essencial nos dias atuais.
O Comitê foi criado em Genebra por Maria Bourgeois, e começou suas atividades no Rio de Janeiro em 1994. “A qualificação é fundamental, pois um diploma pode abrir as portas para o mercado de trabalho. Todos os dias aparecem pessoas aqui precisando de uma oportunidade e nós não temos condições de atender a todos. Eu tenho uma lista de pessoas de toda a cidade que estão em busca de uma chance. Os hotéis e restaurantes nos procuram atrás de pessoas qualificadas para trabalhar, e nós precisamos de projetos e de parcerias para oferecer os cursos e encaminhá-los ao trabalho. Nós precisamos ajudar a salvar esses jovens que não encontram oportunidades por falta de qualificação adequada”, expõe Maria Bourgeois. No início deste ano, o Comitê encaminhou mais de 150 pessoas ao mercado de trabalho.
Os cursos ofertados pelo Comitê são altamente reconhecidos e prezam principalmente pela qualidade. O instrutor Márcio Valença é formado e pós-graduado em gastronomia e está há mais de 26 anos no mercado, tendo chefiado grandes cozinhas de renomados hotéis e restaurantes da cidade. No Comitê Pela Vida, Márcio multiplica seu conhecimento aos alunos. “O mesmo conteúdo que eu passo na Universidade, eu transmito aqui também. Os cursos hoje em dia são de valores altíssimos e a pessoa que está desempregada não tem como fazer uma formação. O nosso objetivo é preparar profissionais com qualidade para o mercado. Precisamos de investidores e de patrocinadores para continuarmos com esse trabalho. O restaurante-escola é fundamental para que os profissionais cheguem preparados e competitivos” reitera Márcio.
O Comitê Pela Vida acredita que só com educação e trabalho que se combate e se diminui a violência. A instituição atende pessoas de várias comunidades cariocas, apoiando a sociedade civil de forma democrática.
Alunos que já passaram pelos cursos do Comitê, hoje se destacam no mercado de trabalho e ainda retornam para instruir novos alunos em busca de oportunidade. “Eu conheci o Comitê através de um amigo, fiz o curso de garçom e foi uma experiência maravilhosa! Após o curso eu fui encaminhado logo para trabalhar em Ipanema, e a formação aqui foi fundamental para eu chegar até o trabalho”, relata Felipe Ramos, que agora se tornou instrutor do curso de garçom do Comitê. “Aqui eu consegui desenvolver melhor a prática da profissão e hoje eu ensino como atender ao cliente com educação, com respeito, cortesia, servir uma mesa de forma adequada, asseio e higiene, além de postura profissional”, completa Felipe.
Extremamente dedicada e comprometida com trabalho do Comitê, Maria confia na solidariedade para continuar com as atividades da Instituição, já que a ONG mantém uma estreita relação com o mercado de trabalho para garantir a empregabilidade de seus alunos após o término dos cursos. “Eu faço um apelo aos empresários, aos políticos e aos homens de bem que ajudem as pessoas. Para se ter um emprego é preciso de um diploma e pra ter o diploma é preciso ter o curso. Se não tiver a qualificação, a busca pelo emprego fica muito mais difícil. Precisamos ajudar as pessoas”, desabafa Bourgeois.
O Comitê pela vida fica localizado na Rua Benedito Hipólito, 125 no Centro de Artes Calouste Gulbenkian. Contato através do tel.: 3852-1995.

 

 
CAPA
EDIÇÕES ANTERIORES
www.jornalfolhadocentro.com.br
Admin
© 2007- FOLHA DO CENTRO - Todos os direitos reservados. - Desenvolvido por DMS