FOLHA DO CENTRO - ESTÁ COMPLETANDO 24 ANOS EM AGOSTO Edição N° 270 - Março de 2019.
COLUNAS
NOTICIAS
FOTOS
SERVIÇOS
PREVISÃO DO TEMPO

Edificio De Paoli se destaca como modelo de administração

Já é fato que o Centro da cidade acomoda os maiores e mais movimentados arranha-céus da cidade. A novidade é que essas edificações têm se mostrado como exemplos de gestão e modernidade administrativa. O Edifício De Paoli, na Av. Nilo Peçanha 50, abriu mão de terceirizados, possui 150 funcionários próprios e funciona com status de uma pequena cidade vertical.
O De Paoli tem 60 mil metros quadrados divididos em 40 andares, sete subestações de energia capazes de alimentar cerca de quatro mil casas, 16 elevadores em funcionamento, mais de 200 câmeras de segurança e monitoramento, 1.248 salas, além de ser um dos mais modernos e funcionais projetos arquitetônicos da cidade.
O edifício é gerido há 18 anos pelo economista e administrador Luiz Fernando de Albuquerque Sá, que foi além do trabalho de síndico, e hoje é o facility management do De Paoli. O termo refere-se ao profissional que abarca múltiplas disciplinas, para assegurar a funcionalidade do ambiente, por meio da integração de pessoas, locais, processos e tecnologia. Luiz Fernando é o responsável por assegurar a operação diária do edifício “O principal pilar do meu trabalho é manter o bem estar dos condôminos, fazendo com que eles não tenham nenhuma preocupação. Todos os funcionários são próprios do condomínio. Não terceirizamos segurança, limpeza, manutenção, contabilidade e nem a administração. Temos também o serviço de SAC (Serviço de Atendimento ao Condômino) e um esquema de segurança com profissionais e sala de monitoramento”, destaca Luiz Fernando, que é frequentemente procurado por revistas e publicações especializadas, devido à sua expertize no assunto.
A questão da segurança do condomínio foi uma das mudanças mais perceptíveis na administração de Luiz Fernando. “São 18 anos de muitas vitórias, com renovação de equipamentos, elevadores, ar condicionado, além da portaria que foi totalmente refeita e modernizada. Fizemos grandes evoluções. É um prédio de 48 anos, todo original e em perfeito estado de conservação”, completa.
Inaugurado em 1970, o De Paoli foi desenvolvido em um terreno triangular, e teve as três fachadas projetadas a partir de um minucioso estudo de insolação, o que levou a uma grande economia no consumo de energia elétrica do sistema de ar condicionado central. O De Paoli foi o primeiro edifício do Rio a ter o sistema de segurança contra incêndio, projetado com base no sistema do Corpo de Bombeiros da cidade de Nova Iorque, já que na época da construção (1961) não existia Lei de Incêndio no Brasil, que só foi decretada 13 anos depois. As modernas e avançadas instalações do De Paoli, em especial as hidráulicas, serviram de exemplo para muitas obras posteriores.

 

 
CAPA
EDIÇÕES ANTERIORES
www.jornalfolhadocentro.com.br
Admin
© 2007- FOLHA DO CENTRO - Todos os direitos reservados. - Desenvolvido por DMS