FOLHA DO CENTRO - 23 ANOS DE EXISTÊNCIA Edição N° 266 - Novembro de 2018.
COLUNAS
NOTICIAS
FOTOS
SERVIÇOS
PREVISÃO DO TEMPO

Moradora da Lapa, Tayane Andrade ganha destaque como modelo plus size

Com a questão da representatividade sendo tão debatida nos dias de hoje, a região do Centro do Rio também tem a sua representante na moda plus size. A carioca Tayane Andrade, 25 anos, é uma das modelos de destaque na cidade, com promissora carreira no mundo da moda.
Hoje em dia está cada vez mais comum encontrar modelos plus size desfilando para grandes marcas ou participando de ensaio fotográficos para campanhas e editoriais de moda. Esta indústria está se tornando cada vez mais inclusiva para as mulheres que têm um corpo “fora do padrão”.
Tayane havia sido convidada em outras ocasiões para trabalhar como modelo, mas havia recusado. No carnaval 2018 ela fez parte de uma das sensações do carnaval que foi a ala de passistas plus size da escola de samba Paraíso do Tuiuti. Os ensaios fotográficos para o carnaval já sinalizavam o talento de Tayane como modelo, e por isso ela resolveu se dedicar e seguir carreira no mundo da moda. “É uma oportunidade de mostrar que não existe apenas um padrão. O padrão gordinha também existe. As pessoas acham que basta ser gorda para ser modelo plus size, e não é bem assim. A gente se cuida o tempo inteiro, eu tenho acompanhamento com nutricionista, cardiologista e esteticista. Ser modelo é também ser um modelo para que as outras pessoas possam se espelhar”, declara.
Em sua carreira, a modelo coleciona títulos e ensaios, como a Miss Carioca Popularidade e foi vencedora do concurso Diva Lapa 2018. A musa plus size irá participar agora com destaque em concursos a nível nacional. O próximo grande concurso Diva plus size será agora em novembro no Teatro Municipal de Itaguaí.
A mãe de Tayane, Maria Aparecida, é uma das maiores fãs e apoiadora da modelo. “É muito emocionante você ver as pessoas despontando como modelo, mulheres muito lindas, inteligentes e com muita capacidade assim como minha filha e eu sempre apoio bastante”, revela Maria Aparecida.
A modelo já é formada em publicidade e abandonou a faculdade de administração para se dedicar à carreira. “Para ser modelo plus size primeiro você precisa se conhecer, saber o que fica bem em você, o que você gosta e ser feliz. Quando você vê uma modelo plus size ela está sempre sorrindo e feliz. Estudar também é importante, eu estudei, fiz várias aulas, workshops, há também um investimento muito alto, revela.
Apesar do pouco tempo de carreira, Tayane já se tornou uma agente de mudança da autoestima de outras mulheres ao longo do tempo como modelo plus size. A modelo rompe barreiras de padrão de beleza e influencia positivamente as pessoas a aceitarem seus corpos e não se curvarem aos padrões.
Em 2018, até o momento, 30 modelos plus desfilaram nas “Fashion Weeks” das principais capitais do mundo da moda (Nova York, Paris, Londres e Milão). No Brasil, a São Paulo Fashion Week, considerado o maior evento de moda no Brasil e um dos mais importantes da América Latina, a presença plus size ainda é tímida. Atualmente Tayane está aberta a convites, patrocínios, presenças vip e divulgações. Contato nas redes sociais @tayaneandradeplus e pelo tel. 97919-5519

 

 
CAPA
EDIÇÕES ANTERIORES
www.jornalfolhadocentro.com.br
Admin
© 2007- FOLHA DO CENTRO - Todos os direitos reservados. - Desenvolvido por DMS