FOLHA DO CENTRO - 23 ANOS DE EXISTÊNCIA Edição N° 265 - Outubro de 2018.
COLUNAS
NOTICIAS
FOTOS
SERVIÇOS
PREVISÃO DO TEMPO
  Falando da Cidade  

Centro do Rio ganha feira orgânica
O Centro do Rio acaba de ganhar mais uma feira orgânica. A 22° feira desta modalidade vai funcionar no Centro Administrativo São Sebastião - Cass, sede da prefeitura na Cidade Nova, no Centro da cidade. Ela vai se juntar a outras 21 do Circuito Carioca, que se espalham por vários bairros da cidade. A feira vai funcionar sempre na última terça-feira do mês, das 9h às 14h. Aberta a servidores e frequentadores da região, a feira orgânica irá oferecer alimentos mais saudáveis e livres de produtos químicos vendidos pelos próprios produtores. Também irá ajudar a difundir costumes e práticas, como a transformação das sobras em compostos orgânicos. O Circuito Carioca de Feiras Orgânicas, promovido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Emprego e Inovação, já existe desde 2010. Nas feiras são oferecidos alimentos produzidos de acordo com normas de preservação ambiental, vendidos pelo próprio produtor, sem intermediação. Isso permite preços justos para produtores e consumidores.

Crivella vira réu no caso da reunião com líderes evangélicos
A Justiça do Rio aceitou denúncia contra o prefeito do Rio, Marcelo Crivella, por improbidade administrativa após ação civil pública movida pelo Ministério Público devido a uma reunião do prefeito com pastores evangélicos ocorrida no Palácio da Cidade, no início de julho.
A decisão foi tomada na última quarta-feira (12), pelo juiz da 7ª Vara de Fazenda Pública do Rio. Na ação, os promotores afirmaram que Crivella “usou o espaço público e extrapolou limite do razoável “ ao fazer a reunião, chamada de secreta, e oferecer vantagens como cirurgias de cataratas e varizes para fiéis. O prefeito chegou a dizer para que os presentes procurassem uma assessora da prefeitura, conhecida como “Márcia”.

Rio é o primeiro estado a adotar placa do Mercosul
O Rio de Janeiro é o primeiro estado do país a utilizar o modelo de placa do Mercosul. Os motoristas do estado já podem fazer a troca, que não será obrigatória para todos os veículos. O novo padrão terá quatro letras e três números. De acordo com o Detran-RJ, a placa do Mercosul vai garantir mais segurança para a população. O modelo terá um QR Code que identificará os dados de confecção, desde a identificação do fornecedor até o número, data e ano e modelo de fabricação do carro. A polícia pode inclusive, saber instantaneamente se o veículo foi clonado ou não. O valor de nova placa é o mesmo do modelo antigo (R$ 219,35). Quem quiser fazer a troca voluntariamente ou realizar serviços que envolverem novas placas já receberão o modelo Mercosul. As operações são: emplacamento de carros zero-quilômetro, transferências de propriedade, de jurisdição e de município e alteração de categoria.

Rio lidera fechamento de postos de trabalho
A Região Metropolitana do Rio de Janeiro é a campeã brasileira no fechamento de vagas com carteira assinada, considerando números absolutos. Ao todo, 38,4 mil pessoas foram demitidas nos últimos 12 meses. A análise foi feita por economista FGV, a partir de dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados. Como resultado, o Estado do Rio tem a sexta maior taxa de desemprego do País, conforme apurado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A crise fiscal do Estado também afetou a expectativa do empresariado, reduzindo a possibilidade de contratações.

Desempenho de alunos do Rio registra piora na avaliação nacional
Levantamento do Sistema de Avaliação de Educação Básica (Saeb), ligado ao Ministério da Educação (MEC), mostra que a qualidade do ensino médio no Rio de Janeiro está deixando a desejar. Os dados do sistema revelam que 65% dos alunos da rede estadual têm dificuldade em identificar informações numa notícia ou entender ironia em um texto. Os dados oficiais mostram que a educação está regredindo, principalmente quando o assunto é matemática. De acordo com os números, estudantes do ensino médio da rede estadual pioraram o desempenho em relação a 2015. Em português e matemática, as notas ficaram abaixo da média nacional. Em 2017 os estudantes do ensino médio tiveram 268 pontos no brasil - numa escala de zero a 500. No Rio, na rede pública estadual, a nota foi de 258,59 em português, e 256,98 em matemática.

Medalha Pedro Ernesto é concedida à Presidente do CCS Centro/Lapa
A presidente do Conselho Comunitário de Segurança Centro/Lapa, Maria João Bastos Gaio recebeu a medalha de Mérito Pedro Ernesto, a principal condecoração oferecida pelo município do Rio de Janeiro. A homenagem é conferida a quem se destaca na sociedade carioca, brasileira ou internacional.
Oferecida pelo vereador Jones Moura (PSD), a honraria concedida à Maria João foi aprovada por um terço dos parlamentares da Câmara, conforme o regimento da casa legislativa.
Formada em Pedagogia e Educação Artística, Maria João, que é professora, já trabalhou em escolas do Estado e do Município, com grande atuação também na área educacional. Atualmente exerce o seu terceiro mandato com grande destaque como presidente do CCS, e realiza um trabalho voltado ao bem estar da comunidade no que se refere a serviços de infraestrutura e prevenção e combate à criminalidade na região do grande Centro.

 

 
CAPA
EDIÇÕES ANTERIORES
www.jornalfolhadocentro.com.br
Admin
© 2007- FOLHA DO CENTRO - Todos os direitos reservados. - Desenvolvido por DMS
 
 
..