FOLHA DO CENTRO - 23 ANOS DE EXISTÊNCIA Edição N° 261 - Junho de 2018.
COLUNAS
NOTICIAS
FOTOS
SERVIÇOS
PREVISÃO DO TEMPO
  Carta do Leitor  

Fim da Faculdade Estácio na Lapa
Sou moradora do Centro e apoiei completamente a manifestação em favor da permanência do Campus Lapa da Faculdade Estácio de Sá. O protesto na Rua do Riachuelo foi organizado pelos alunos de medicina do campus, que reivindicam o aumento abusivo, demissão em massa de professores e a falta de infraestrutura. Se o campus realmente fechar até o final do ano como estão prometendo, o bairro vai sofrer um esvaziamento de estudantes, que irão migrar provavelmente para o Rio Comprido, prejudicando até mesmo o mercado imobiliário do bairro, pois muitos estudantes que moram por aqui, com certeza irão se mudar da Lapa.
Carla Honório, 43 anos - Comerciante

O bonde é do povo
Moro em Santa Teresa e desaprovo completamente essa história dos bondes servirem agora para passeios turísticos. Durante anos, o bonde foi o principal meio de transporte público e popular do bairro, mesmo com a circulação dos ônibus por aqui. A tarifa custava antes 20 centavos e agora fica inviável pagar 20 reais por pessoa para andar no bonde. O que era algo importante para servir aos moradores, se transformou em mero passeio para os turistas. Até mesmo visitas que eu recebia em minha casa e vinham de bonde, deixaram de usar o transporte por conta desse preço abusivo. O bonde é um patrimônio do povo de Santa Teresa e de todo carioca.
Aldo Siqueira, 39 anos - Gerente de Operações
Lapa desamparada
Realmente eu acho impressionante a trajetória descendente do bairro da Lapa desde o fim das Olimpíadas. Já estava decaindo antes, mas depois foi queda livre.  Andar no bairro agora está assombroso. O que mais me assusta e entristece, é que se o poder público investir para consertar e recuperar o bairro, em pouco tempo estará vandalizado de novo. Às vezes o que falta não é governo e sim uma população educada que saiba respeitar o espaço do próximo!
Marcelo Souto - Via Facebook
Greve dos caminhoneiros
Moro na Rua do Riachuelo e sempre faço compras no Supermercados Mundial aqui da rua. Fiquei impressionada com as ilhas de frutas, verduras e legumes totalmente vazias devido à greve dos caminhoneiros. Faltava de tudo, inclusive os ovos já estavam acabando. Acho legítimas as manifestações e não me senti nem um pouco prejudicada pelo desabastecimento. Talvez agora com o fim das paralisações, o governo dê maior atenção e valor a essa classe de trabalhadores tão importante, que transporta toda a economia da nação.
Geisa Araújo - Via Facebook

Corpus Christi no Centro
Não sou católica, mas achei lindas as manifestações no feriado de Corpus Christi na Catedral Metropolitana aqui do Centro. A festa religiosa que comemora a eucaristia e o sacramento do corpo e do sangue de Jesus Cristo é, em minha opinião, uma das mais bonitas de se ver, pois o capricho e os detalhes dos tapetes por onde passam as procissões são belíssimos. Independente da religião de cada um, todo carioca deve se orgulhar pelo fato da cidade manter tão viva essas tradições religiosas, que trazem beleza e paz para o Rio de Janeiro.
Shirley Damasceno - Via Facebook

 

 
CAPA
EDIÇÕES ANTERIORES
www.jornalfolhadocentro.com.br
Admin
© 2007- FOLHA DO CENTRO - Todos os direitos reservados. - Desenvolvido por DMS