FOLHA DO CENTRO - 23 ANOS DE EXISTÊNCIA Edição N° 259 - Abril de 2018.
COLUNAS
NOTICIAS
FOTOS
SERVIÇOS
PREVISÃO DO TEMPO
  Roteiro Cultural  

Roupa Nova em cartaz no Vivo Rio
Nos dias 13, 14 e 15 de abril estará em cartaz no Vivo Rio o conjunto Roupa Nova. Sucesso que atravessou gerações e ainda se mantém com seus refrões que se tornaram verdadeiros hinos. Tantos recordes e números que a história de Roupa Nova se confunde com as vidas de uma legião de fãs assíduos por seus lançamentos. São 35 anos de carreira, 37 álbuns lançados e mais de 20 milhões de cópias vendidas. Os seis integrantes do Roupa Nova, Cleberson, Feghali, Kiko, Nando, Paulinho e Serginho, acora os protagonistas de “Todo amor do mundo”, o novo trabalho do grupo e vem de uma forma conceitual trazer a história do início da carreira desses grandes músicos, compositores, cantores e poetas. Uma história que se passa no final dos anos 60, quando os integrantes do Roupa Nova eram 6 adolescentes querendo viver o sonho da música. O novo trabalho ainda traz um gostinho de realismo, por ser autobiográfico. Entre as surpresas do novo álbum estão, as participações de Angélica, Carol Feghali, Twigg, Alexandre Pires, Ed Motta e Tico Santa Cruz
Cláudia Abreu estreia filme “Berenice Procura”
No dia 12 abril será a estreia nacional do filme “Berenice Procura”, protagonizado pela atriz Cláudia Abreu. Na trama, Berenice é uma mulher dedicada ao trabalho de taxista no Rio de Janeiro. É consumida pela profissão e o pouco tempo que lhe sobra precisa ser dividido entre a criação do filho Thiago, um adolescente descobrindo sua sexualidade, e sua conturbada relação com o marido Domingos, um repórter policial. As marcas do relacionamento desgastado, arruinado pelos rompantes violentos do marido, apagaram sua feminilidade e a levaram a um grande vazio existencial. O assassinato de Isabelle, uma linda transgênero, na praia de Copacabana, acende seu lado investigativo e transforma sua vida. O Elenco conta com Eduardo Moscovis, Vera Holtz, Valentina Sampaio e Emílio Dantas. Gênero comédia, duração 90 minutos.
Teatro Eva Hertz apresenta o espetáculo “LDTA” com direção de Débora Lamn
Entre os dias 05 de abril e 02 de maio, o Teatro Eva Hertz será a casa do espetáculo “LTDA”. Com direção de Débora Lamn, dramaturgia de Diogo Liberano e atuação do Coletivo Ponto Zero. A obra inédita busca lançar um olhar sobre a condição humana em tempos de pós-verdade e pós-ética. “Escolhi dirigir ‘LTDA.’ Por entender que o teatro é um espaço democrático, um lugar essencial para fomentar relevantes debates sobre o momento sombrio em que atravessamos”, comentou a Débora Lamn sobre o espetáculo. Diego Liberano disse que “vinha através da dramaturgia colocar em questão o ser humano e a sua ganância pelo poder. No caso dessa criação, manifesto o meu espanto com o grande comércio que se tornou a produção de notícias falsas”, comentou Diogo. Você acredita em tudo que lê? O Teatro Eva Herz (Livraria Cultura) fica na Rua Senador Dantas, 45, Centro (próximo ao Metrô e VLT Estação Cinelândia) informações: 3916-2600. Duração: 70 minutos.
Espetáculo teatral no Parque das Ruinas
A Companhia de teatro Viva Em-Cena apresenta nos dias 07 e 21 de abril, o espetáculo “Pecados Inocentes”, no Parque das Ruínas em Santa Teresa. As apresentações terão início às 16h e o texto é inspirado em crônicas do livro “A vida como ela é” de Nelson Rodrigues. A montagem traz dez cenas criadas a partir traz uma releitura poético-estrutural da dramaturgia. São abordadas temáticas cotidianas das relações amorosas como segredos guardados, desejos reprimidos, segredos revelados, noivados prometidos, desconfianças de adultério, traições, decepções, casamentos desfeitos, desejos realizados e vingança feminina. O desenho cênico é estruturado pelo diálogo entre coro e intermesos: Segredos de família, Perdão, O segredo do fundo da gaveta, A noiva iludida, A preta e o branco, O espartilho vermelho, Lição de piano, Só ciúmes, O cunhado tarado, A morte no BRT.

“Baia de Guanabara: viva ou morta?” no Museu do Amanhã
Onde está a vida da Baía de Guanabara, que hoje não vemos? A edição do Encontro entre Educadores do Museu do Amanhã pretende reunir professores e educadores para a discussão sobre as condições da Baía de Guanabara por meio de atividades lúdicas, como jogos, partilha de experiências e práticas que podem ser aplicadas em diversos espaços dedicados à educação. A atividade irá explorar o Cubo da Vida e o Antropoceno, partes importantes da Exposição Principal. O evento ocorrerá aos sábados nos dias: 07, 14, 28 de abril, 05 e 19 de maio e 09 de junho de 2018, das 9h às 12h, no Terreiro de Curiosidades do Museu do Amanhã. Nos encontros, os participantes poderão trocar experiências e práticas sobre a Baía de Guanabara, compartilhar com os demais como têm trabalhado o tema em suas realidades, e aprofundar seu conhecimento para dissemina-lo em seus espaços de atuação. As inscrições são feitas pelo site.
“Champagne & Confusão” no Maison de France
“Champagne & confusão, uma comédia impoliticamente correta” estreou no Teatro Maison de France. Misto de vaudeville e comédia de boulevard, a peça dos franceses Jean Franco e Guillaume Mélanie é uma coletânea de personagens que escorregam nas mentiras e na condução atrapalhada de seus desejos e sentimentos, encontrando-se e desencontrando-se aqui e acolá. Joelson Medeiros é um ministro da educação que se vê às voltas com o estapafúrdio projeto de regular o tamanho das saias de alunas das escolas, enquanto se apaixona pela filha (Thais Belchior) da chefe do gabinete, vivida por Erika Riba, que por sua vez se apaixona pelo faxineiro (Rafael Canedo) e se culpa, esbarrando nas convicções bem mais libertárias da própria mãe, interpretada por Sylvia Bandeira. O Teatro Maison de France fica na Av. Presidente Antônio Carlos 58, Centro tel. 2544-2533. Sex a dom, às 19h30m. O ingresso custa R$ 70, com duração de 80 minutos. O espetáculo fica em cartaz até 10 de junho.

 

 
CAPA
EDIÇÕES ANTERIORES
www.jornalfolhadocentro.com.br
Admin
© 2007- FOLHA DO CENTRO - Todos os direitos reservados. - Desenvolvido por DMS
 
 
..