FOLHA DO CENTRO - 23 ANOS DE EXISTÊNCIA Edição N° 257 - Fevereiro de 2018.
COLUNAS
NOTICIAS
FOTOS
SERVIÇOS
PREVISÃO DO TEMPO

Cordão da Bola Preta Comemora 100 anos em 2018

O Centenário do Cordão da Bola Preta vai acontecer no dia 31 de dezembro de 2018. Mas, como o primeiro desfile foi realizado no carnaval de 1917, as comemorações terão início na realização do centésimo desfile de carnaval, em 10 de fevereiro deste ano.
Ao longo do período entre fevereiro de 2018 e março de 2019, diversas programações e projetos estão previstos para comemorar o centenário do mais antigo e tradicional Bloco de carnaval do Brasil. No ano de comemoração, será lançado um livro, um documentário, exposições, um baile ao ar livre e, é claro, o desfile do centenário do Bola.
A marca do centenário, que estará estampada nas camisetas do Cordão da Bola Preta, foi criada por Ziraldo. O Bloco iniciou uma campanha para que todos que amam o carnaval e amam o Bola Preta, só comprem camisetas e outros produtos oficiais. Desta forma, estarão participando efetivamente da manutenção dessa instituição símbolo do carnaval e do espírito carioca. O desfile do Centenário terá início na Rua 1º de Março, seguindo para a Av. Presidente Antônio Carlos, no Centro da cidade.
No dia 14 de fevereiro de 2007, através de um Decreto, o então Prefeito César Maia concedeu ao Cordão da Bola Preta e ao seu famoso hino, “Quem não chora não mama”, o título de Patrimônio Cultural Carioca.
O Cordão da Bola Preta é o Museu Vivo do Carnaval, o símbolo da festa mais popular do Rio de Janeiro e uma das maiores e mais conhecidas marcas da Cidade Maravilhosa, o lado alegre e irreverente do carioca. Ao completar 90 anos e em meio a uma crise econômico/administrativa sem precedentes na sua história, o Cordão da Bola Preta foi agraciado pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro, que se sensibilizou com a situação da Instituição e por sua importância para a MPB, para o carnaval e por ser uma marca positiva da Cidade Maravilhosa, cedendo em regime de comodato o conjunto de imóveis situados na Rua do Lavradio e Rua da Relação, onde foi implantado o Centro Cultural Cordão da Bola Preta.
Um grande acontecimento e que merece destaque aconteceu no ano de 2011, que foi a execução do processo de limpeza, catalogação e digitalização de todo o acervo do Cordão da Bola Preta, que foi tema de uma exposição no Largo da Carioca com o título “Nove Décadas Animando o Carnaval Carioca”. No futuro, após a obra de restauração da atual sede da Instituição, será implantado o Centro de Memórias do Cordão da Bola Preta com a exposição permanente não só de sua história de 100 carnavais, mas também do carnaval carioca.
Em 2016 o Cordão da Bola Preta foi convidado e participou da cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos 2016 num momento ímpar para a Instituição.
A partir de fevereiro de 2018, terão início as comemorações pelo centenário do Cordão da Bola Preta, esta instituição que tão bem representa o melhor do povo carioca e fluminense. Cem anos de serviços prestados à verdadeira cultura popular, à música, ao samba, ao carnaval, à alegria e à irreverência da cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro.

 

 
CAPA
EDIÇÕES ANTERIORES
www.jornalfolhadocentro.com.br
Admin
© 2007- FOLHA DO CENTRO - Todos os direitos reservados. - Desenvolvido por DMS