FOLHA DO CENTRO - 23 ANOS DE EXISTÊNCIA Edição N° 257 - Fevereiro de 2018.
COLUNAS
NOTICIAS
FOTOS
SERVIÇOS
PREVISÃO DO TEMPO

Atleta do Centro busca apoio para participar de campeonato mundial na Tailândia

O título mundial de muay thai está prestes a ser conquistado por uma atleta do Centro da Cidade. O campeonato que acontece em março, na Tailândia, tem uma vaga conquistada pela brasileira Fernanda Rigueiro de 14 anos, moradora da Rua do Riachuelo, na Lapa. Por ser menor de idade, Fernanda não pode ainda ter patrocínio como atleta profissional, e procura apoio financeiro para trazer a medalha para o Brasil.
Fernanda pratica muay thai há apenas dois anos e já tem uma carreira invejável na modalidade, inclusive sendo campeã brasileira, título que a habilitou a participar do mundial na Tailândia. A atleta da Lapa treina de domingo a domingo praticamente o dia todo. “Comecei há dois anos porque eu queria ganhar mais corpo. Acabei gostando muito, me dediquei bastante e hoje já fui campeã de várias competições”, orgulha-se Fernanda.
O campeonato mundial acontece em março na Tailândia, e todas as despesas para competir correm por conta da atleta. O custo está estimado em R$ 5 mil. Fernanda está promovendo uma “vaquinha” virtual para arrecadar essa quantia e assim poder competir.
Edson Souza, treinador de Fernanda, exalta que existem chances reais do título mundial ser trazido para o Centro. “Nós temos a noção de que a Fernanda está em um nível bem acima das outras competidoras. Aqui no Brasil ainda não temos nenhuma atleta do mesmo nível que ela. Infelizmente não temos qualquer tipo de patrocínio e ela só poderá se tornar profissional quando for maior de idade e assim buscar algum incentivo. Aqui no Brasil funciona desta forma, lá fora ela já poderia ingressar no profissional. A Fernanda é muito apaixonada pelo que faz, ela já está mais do que preparada para esse mundial. É muito raro encontrar uma menina de 14 anos tão focada e dedicada igual a ela. Se deixar ela dorme na academia treinando”, brinca Edson.
Fernanda está confiante em vencer o mundial. “Estou muito feliz em ter conquistado essa oportunidade. Vai ser uma honra para mim trazer o título para o Brasil”, completa. Os amigos de Fernanda sentem falta do convívio com ela, mas entendem que a rotina puxada é necessária, e apoiam a escolha da colega atleta. O muay thai exige uma disciplina física e mental que inclui golpes de combate em pé. A modalidade é conhecida como “a arte das oito armas”, pois caracteriza-se pelo uso combinado de punhos, cotovelos, joelhos, canelas e pés, estando associada a uma boa preparação física que a torna uma luta de contato total bastante eficiente.
Para ajudar Fernanda a competir no mundial, qualquer quantia pode ser depositada no Banco Bradesco, Ag. 2803-7 Conta 1004755-2, ou doações pelo site “Vakinha.com”. O Telefone de contato é 98570-5495.

 

 
CAPA
EDIÇÕES ANTERIORES
www.jornalfolhadocentro.com.br
Admin
© 2007- FOLHA DO CENTRO - Todos os direitos reservados. - Desenvolvido por DMS