FOLHA DO CENTRO - 23 ANOS DE EXISTÊNCIA Edição N° 256 - Janeiro de 2018.
COLUNAS
NOTICIAS
FOTOS
SERVIÇOS
PREVISÃO DO TEMPO
  Roteiro Cultural  

Leila Pinheiro - Voz e Violão
A cantora Leila Pinheiro se apresenta no Teatro Riachuelo no dia 16 de janeiro às 19 horas. A artista abre a temporada 2018 de shows do “Música dos 7”. Sozinha ao piano, Leila canta e toca músicas escolhidas a dedo de sua discografia que inclui 19 álbuns, três DVDs e inúmeras participações em álbuns de vários artistas. Poucas vozes da música popular se equilibram tão bem entre o canto e a execução de um instrumento quanto Leila Pinheiro. Este, aliás, é um dos trunfos da artista, que reúne muitos de seus compositores favoritos nos roteiros dos shows solo que realiza pelo Brasil e no exterior, mostrando a um público variado a sua biografia afetivo-musical.  Entre as suas escolhas frequentes estão as grandes canções da bossa nova, Ivan Lins, Tom Jobim, Flávio Venturini, Guilherme Arantes, Gonzaguinha, Zélia Duncan, Chico Buarque, Guinga e Renato Russo. Em 2010, Leila gravou inclusive o CD “Meu segredo mais sincero”, todo com músicas de Renato e da Legião Urbana

Nando Reis na Lapa
A Fundição Progresso será palco para o show de Nando Reis no dia 27 de Janeiro. O baixista, compositor, cantor e violinista levará ao público grandes sucessos de sua carreira, acompanhado da banda “Os infernais”. Nando saiu dos Titãs em 2001 e consolidou carreira solo ao longo dos anos. Ficou conhecido como um dos maiores compositores da sua geração, compondo sucessos como “Diariamente”, com Marisa Monte, “O Segundo Sol” e “Relicário”, gravados por Cássia Eller e “Resposta” e “É uma partida de Futebol”, gravados pelo grupo Skank. Nando Reis aparece todos os anos no ranking dos artistas que mais lucraram com direitos autorais, segundo dados do ECAD. Em 2016 ocupou a 15º posição. O show “Trinca de Ases”, que reúne Nando Reis, Gal Costa e Gilberto Gil, inicia turnê Internacional durante os meses de março e abril deste ano. O Trio irá se apresentar em países como Portugal, França, Itália e Israel.  

Cruz Vermelha Cultural
A próxima edição da Feira Cultural da Praça da Cruz Vermelha acontece no dia 14 de janeiro. A edição de natal foi um sucesso e reuniu inúmeros visitantantes. A Feira  busca revitalizar culturalmente a Praça e também o seu entorno. Durante todo o dia, barracas ficam montadas oferecendo artesanatos locais, acessórios e moda, opções variadas de gastronomia, além de muita música. A feira acontece no domingo, dia em que o entorno da Praça é fechado para se tornar uma área de lazer. As opções culturais começam a partir das 10 horas da manhã e vão até às 19 horas. Esta será a sétima edição do evento e promete superar as edições anteriores com maior número de visitantes e participantes. O evento está disponível na Página “Cruz Vermelha Cultural”, no Facebook.

Temporada Chico Buarque
Ausente dos palcos desde 2012, Chico Buarque iniciou em dezembro passado a turnê nacional de “Caravanas”, título homônimo de seu último álbum. A estréia aconteceu em Belo Horizonte e agora é a vez do Rio de Janeiro receber o cantor. Chico estará em cartaz durante três semanas no Vivo Rio, de 04 a 21 de janeiro. “Caravanas” é o 38º álbum de estúdio do músico brasileiro e foi gravado no Rio de Janeiro. O álbum foi saudado pela crítica como um dos grandes discos da carreira de Chico. O músico é conhecido como um dos maiores nomes da música popular brasileira. Sua discografia dispensa apresentações, com mais de 80 discos. Após a temporada no Rio, Chico segue com o show para São Paulo.  Os ingressos estão à venda na bilheteria do Vivo Rio e também pela internet.

Vanessa da Mata no Circo Voador
Após encerrar a turnê “Segue o Som” em um Circo Voador lotado em janeiro passado, Vanessa da Mata está de volta para presentear seus fãs com o show ‘Caixinha de Música’, em que canta canções inéditas e sucessos que a tornaram uma das maiores cantoras do país, como “Boa Sorte/Good Luck”, “Não Me Deixe Só”, “Ainda Bem”, entre outras. O show acontece no dia 26 de janeiro a partir das 22h. Em “Caixinha de Música”, Vanessa vem com atitude diferente: a percussão e os elementos eletrônicos ganham força. No show, a cantora explora momentos dançantes em coreografias ritualísticas e incorpora novos componentes em busca de uma sonoridade original. Gente Feliz é uma das canções inéditas do show que, no repertório, vêm combinadas com sucessos de Vanessa que ganharam novas roupagens. Os ingressos estão à venda pela internet e na bilheteria do Circo e custam a partir de R$ 50.

Corte gay do Carnaval
O Rio de Janeiro coroou o Rei Momo e a Rainha gay do Carnaval 2018. A final do concurso foi realizada na quadra na Escola de Samba Tradição, e definiu os vencedores que agora compõem a corte do Carnaval. Alex Lion é o novo Rei momo gay, ao lado da Rainha do Carnaval gay Kelly Werneck. Foram ainda escolhidas, Naty Tavres, primeira princesa gay e Paula Laser, segunda princesa gay. Além da agenda de compromissos, a corte que representa a diversidade do carnaval carioca era sempre esperada no início dos extintos ensaios técnicos na Marques de Sapucaí.  Organizado por Barbara Sheldon, a primeira Rainha gay da cidade, e o Dj Wagner Silva, o concurso teve início em 2011 e de lá pra cá está se tornando cada vez mais sólido e respeitado no calendário carnavalesco da cidade.

Bloco Alegria da República homenageia as Cutias do Campo de Santana
O mais novo Bloco do Centro da cidade terá como enredo, as conhecidas cutias que habitam o Campo de Santana, no Centro da cidade. Com o enredo “Folia das Cotias, o Bloco Carnavalesco Alegria da República desfilará no Sábado de Carnaval para a alegria dos foliões cariocas. O Presidente do Bloco, Marco Antonio Aragão, o Marquinho da República conta como surgiu a ideia de criar a agremiação. “Estávamos aqui no Bar Neves com os amigos e resolvemos montar um bloco. Olhamos a placa aqui da Praça da República, e aqui é um bar de muita alegria, daí resolvemos colocar o nome de Alegria da República. Fomos convidando os amigos mais próximos para compor a diretoria do Bloco e aos poucos foi se consolidando. O Nosso carnavalesco, Luiz Bornay e outros amigos começaram a integrar também o nosso time”, relata o presidente.
O primeiro desfile do Alegria da República foi no ano passado, e a agremiação é afiliada à recém criada Liga dos Blocos do Centro. “Nos criamos o Estatuto e o Bloco está crescendo cada vez mais. Nós participamos de eventos e temos a missão de levar alegria e entretenimento para os moradores e frequentadores Aqui do Centro, além de valorizar um dos ícones da cidade, que é a Praça da República”, diz Marquinho.
O símbolo do Bloco é uma cutia com um caneco de chopp nas mãos. A sinopse do enredo 2018 conta a história da “Dona Cutia” que resolveu fazer um turismo por lugares onde acontece o carnaval de rua no Centro, e decidiu passar pelo Saara para comprar sua fantasia de carnaval. O enredo se desenrola com a personagem passando por diversos pontos de alegria pelo Centro do Rio, se divertindo até de madrugada. De manhã, a “dona cutia” do enredo volta para o Campo de Santana, onde descansa para o dia seguinte curtir o carnaval da Lapa. O criativo enredo já tem samba escolhido, além da escolha também da rainha e das princesas que representam a agremiação.
O desfile 2018 promete muita alegria e animação, característico dos Blocos do Centro da cidade. Com a crise que o carnaval vem enfrentando com a falta de apoio do poder público, o Alegria da República surge para valorizar o carnaval da cidade, e garantir a festa dos foliões. Uma das novidades que o Bloco traz para o desfile, é a ala das ciganas, formada por mulheres vestidas a caráter. O Alegria da República estará presente na Segunda feijoada pré-carnavalesca promovida pela Liga dos Blocos do Centro, no dia 13 de janeiro, a partir das 12h00 no Street Lapa, na Rua Gomes Freire, 599, no Centro. O evento terá a participação de todos os Blocos afiliados, além de personalidades do meio carnavalesco.

 

 
CAPA
EDIÇÕES ANTERIORES
www.jornalfolhadocentro.com.br
Admin
© 2007- FOLHA DO CENTRO - Todos os direitos reservados. - Desenvolvido por DMS