FOLHA DO CENTRO - 23 ANOS DE EXISTÊNCIA Edição N° 256 - Janeiro de 2018.
COLUNAS
NOTICIAS
FOTOS
SERVIÇOS
PREVISÃO DO TEMPO
  Carta do Leitor  

Lixo jogado na Rua do Resende
Moro na Rua Tadeu Guilherme Marconi e fico horrorizada quando vejo as pessoas jogando lixo nas ruas. Sempre apoiei a operação Lixo Zero que multam as pessoas que jogam lixo nas ruas e acho que em lugares mais civilizados, a população tem mais educação e não ficam jogando lixo nas ruas. Esses dias vi um bueiro tão sujo na rua do Resende que fiquei chocada e torcendo para não chover porque o resultado das chuvas por aqui a gente já conhece. Vamos ter consciência de que lugar de lixo é no lixo, temos que dar o exemplo ao descartar o lixo para que as novas gerações possam ter o hábito de respeitar a limpeza das ruas e entender os transtornos que o lixo causa com os alagamentos.
Tereza Martins, 53 anos - Comerciante
Painel do Gilberto Gil na Cinelândia
Esses dias passando pela Cinelândia me deparei com o painel em homenagem ao Gilberto Gil. Só tinha visto pela imprensa, mas gostei de ter visto pessoalmente. Sou super fã de Gilberto Gil e fiquei chateada quando a antiga pintura que tinha no local foi pichada e abandonada sem qualquer manutenção. Gilberto é um artista de renome internacional e merece todas as nossas reverências como artista. A iniciativa do Metrô de encomendar uma nova pintura em homenagem a Gilberto foi muito valorosa. Queria ter ido ver o Gilberto Gil na Cinelândia no dia da inauguração do painel, pena que só fiquei sabendo depois.
Magda Soares, 44 anos - Secretária executiva
Feira na Tadeu Kosciusco
Eu frequento sempre a feira na Rua Tadeu Kosciusco, que fica perto da minha casa, mas acho que a feira deveria ser mais organizada em relação ao lixo. Final de feira acumula muito lixo em qualquer lugar, isso é normal, mas eu acho que a Comlurb deveria agilizar a limpeza pois a rua fica com muita sujeira, caixotes jogados e muito lixo. Fica insuportável andar pela rua. Os garis deveriam antecipar a limpeza para que a rua fique organizada assim que terminar. Muitas vezes a feira termina e muito tempo depois a rua continua suja. Se chover, a água pode carregar toda aquela imundice e entupir os bueiros. A feira é ótima, eu amo o pastel com caldo de cana de lá. Só acho que deveria ter mais cuidado e mais fiscalização com a limpeza logo após a feira.
Janaína Sousa - 38 anos - Dona de Casa
Estátua do Pequeno Jornaleiro
Li uma matéria da Folha do Centro que falava sobre a Estátua do Pequeno Jornaleiro que ainda não foi devolvida para as ruas do Centro. Eu sempre que passava pela rua Sete de Setembro a estátua me chamava a atenção. Confesso que não percebi que ela foi retirada para as obras do VLT e lendo a matéria fiquei sabendo que ela ainda não voltou. As autoridades responsáveis deveriam ter maior cuidado com o patrimônio da cidade. O Centro do Rio tem obras e monumentos invejáveis e deveriam ter melhores cuidados com eles. A cidade que tem uma estátua como o seu maior símbolo (Cristo Redentor) não pode ser displicente com a riqueza patrimonial do Município. Lamentável. Esperamos que a Prefeitura coloque novamente a escultura na rua e devolva para nós esse patrimônio.
Paulo Santana, 32 - Professor de Geografia

 

 
CAPA
EDIÇÕES ANTERIORES
www.jornalfolhadocentro.com.br
Admin
© 2007- FOLHA DO CENTRO - Todos os direitos reservados. - Desenvolvido por DMS
 
 
..