FOLHA DO CENTRO - 21 ANOS DE EXISTÊNCIA Edição N° 247 - Abril de 2017.
COLUNAS
NOTICIAS
FOTOS
SERVIÇOS
PREVISÃO DO TEMPO

Museu dos bombeiros mostra a evolução de tecnologia e equipamento

Localizado dentro do quartel Central do Corpo de Bombeiros, na Praça da República, local histórico para o Brasil República, o Museu dos bombeiros apresenta cronologicamente a história do primeiro corpo de bombeiros do Brasil, criado em 1856 por D. Pedro II, patrono da corporação. Criado em 1977, o museu do corpo de bombeiros do Rio, apresenta réplicas dos carros utilizados ao longo de quase dois séculos, servindo como memória viva para a longa e importante história da Corporação. Antigamente localizado no Méier, ele foi realocado para a sede do Quartel General dos Bombeiros em 1995, onde está até hoje.
Anteriormente à criação dos bombeiros, o serviço de incêndio era realizado por policiais ou grupos de moradores. Durante a visita, as pessoas podem conhecer como era realizado os chamados de incêndios no final do século 19, presenciar a evolução dos carros utilizados pela corporação, além de objetos originais que permeiam a história da cidade, na época ainda Capital do Império. O museu apresenta também como era feita a comunicação para os chamados de incêndio e salvamento no Rio de Janeiro ao longo da história, mostrando a evolução de tecnologia e equipamento.
Além do trabalho de visitação, o museu também atua na área de pesquisa através do O centro histórico, criado em 2009 ele cuida de todo o material histórico da corporação, desde fotos a documentos raros do século 19 e do acervo do museu.
De acordo com o subtenente J. Felix, o público principal do museu são alunos de escolas e turistas, principalmente militares de outros estados. Atualmente as visitações são feitas somente em português, no entanto há um projeto para tornar o museu mais acessível, com visitas em inglês, áudio descrição e libras, para poder atender a todo tipo de público.
Ainda em processo de captação de recursos, o Museu dos Bombeiros está desenvolvendo um projeto de revitalização das suas dependências e do entorno, orçamentado em aproximadamente cinco milhões, que seriam investidos no treinamento e aprimoramento dos guias, climatização, acervo, mídia digital, além da criação de uma entrada específica para o museu e melhoramento do prédio e entorno.
Para a visitação de grupos com mais de dez pessoas é necessário agendar a visitação que um guia irá acompanhar o grupo explicando detalhes de cada objeto. O Museu do Corpo de Bombeiros fica aberto de terça a sábado, de 09h às 17h.
A visitar o museu é como percorrer um caminho da nossa história através dos olhos de uma das profissões mais importantes para o nosso cotidiano.
Serviço
Museu Histórico do CBMERJ
Onde: Praça da República 45 – Centro
Horário de visitação: Terça a sábado, de 09h às 17h
Telefone: (21) 2333-3133
Email: contatomuseu@cbmerj.rj.gov.br
Entrada gratuita

 

 
CAPA
EDIÇÕES ANTERIORES
www.jornalfolhadocentro.com.br
Admin
© 2007- FOLHA DO CENTRO - Todos os direitos reservados. - Desenvolvido por DMS