FOLHA DO CENTRO - 23 ANOS DE EXISTÊNCIA Edição N° 247 - Abril de 2017.
COLUNAS
NOTICIAS
FOTOS
SERVIÇOS
PREVISÃO DO TEMPO
  Recanto Poético  
AQUELA CRUZ

Olhando aquela cruz, o que pesava
Que o meu Senhor havia de levar!
Era a minha e a tua vez, que precisava
Sentir aquele peso, saindo a carregar!

Avistando o seu rosto, tão desfigurado
Que irias dizer, quando o contemplaste?
Sabendo que fora, pelo meu e o teu pecado,
Que Aquele ser perfeito, em angústia colocaste?

Observaste o lado aberto, tanta dor?!
O sofrimento e a ignomínia que passou,
Ele era o Rei da glória, em virtude do amor,
Pelo homem culpado, é que o preço pagou!

Uma coroa de espinhos, na fronte colocada
Grandes gotas de sangue chegaram até o chão!
Sofreu sem reclamar, de cabeça inclinada
Ainda rogava ao Pai, pelo nosso perdão!

Nosso Senhor revela-se hoje à tua alma;
Não queres tu render, contrito o coração?
Só assim tu sentirás aquela doce calma
Recebendo a certeza da bendita Salvação!

Aut. Leonor Medeiros
Veja mais no youtube

RECANTO POÉTICO
A Existência da cruz

 

 
CAPA
EDIÇÕES ANTERIORES
www.jornalfolhadocentro.com.br
Admin
© 2007- FOLHA DO CENTRO - Todos os direitos reservados. - Desenvolvido por DMS
 
 
..